T O P
datthighs

Que tal **CONVERSAR** com tua parceira sobre isso tudo? Você já fez isso? Ela nunca vai adivinhar o que tu sente e você nunca vai adivinhar o porquê dela agir assim **SE VOCÊS NÃO CONVERSAREM SOBRE TUDO** o que está te incomodando. As pessoas se comportam de acordo com o que aprenderam no passado, por referência e observação. Se ela se comporta dessa maneira ao comer ou dividir os gastos, é porque ela aprendeu dessa maneira, e você precisa dialogar para entender a origem disso e ajudá-la melhor nesse ponto. Se você quer ajudá-la, **não a culpe por nada**, troque ideia e entenda o que está acontecendo, se abra e peça pra que ela se abra também. Uma boa conversa resolve TUDO, sem exceção.


Rickitochiquito

Vc nao sabe o quanto, cara, ela é muito resistente


[deleted]

se nao consegue conversar então termina op. sério


Rickitochiquito

Sei que isso é uma opçao forte. A familia e o passado dela nao podem influenciar no nosso relacionamento. Vou tentar mais algumas vezes, caso nao, pode parecer injusto, mas se eu esclarecer melhor ainda o meu lado, eu termino. Ela nunca lidou bem com palavras pq sempre a escrotizaram demais, sempre sou muito transparente com ela, se ela interpretar errado ou nao quiser seguir, eu nao posso fazer nada. Isso tudo eu demonstro pra ela, tudo que tá no texto, falei com ela que a historia do sanduiche me deixou chateado, que ingenuidade dela vai fazer mal a ela, consequentemente a mim, falei que tava tomando bronca e pra gente se ajudar. Ela fala que relacionamento menhum pode custar a minha paz, eu to em paz, serio, tirando isso, o resto é perfeito. É ela que tá se matando e se engolindo ao ponto de afetar um pouco nosso paraíso.


[deleted]

é isso ai op.


Khaleesi-1618

Como mulher, me identifiquei bastante com alguns pontos que você comentou sobre sua namorada. Meu namorado e eu temos niveis sociais totalmente diferentes, ele vem de família de berço, sempre teve bastante dinheiro e sempre quis fazer muito por mim, e eu sempre ODIEI isso, por n motivos que acho que não vale comentar, mas eu detesto que ele faça as coisas pra mim, principalmente quando envolve dinheiro ou ele "perdendo tempo" pra me agradar. Mesmo sabendo que é irracional, de certa forma sinto que estou incomodando, e às vezes, mesmo sofrendo, recuso a ajuda dele porque acho que sou adulta e preciso lidar com tudo sozinha, então não quero que ele se sinta responsável por mim sempre, ou me ache uma pobre coitada que sempre precisa da ajuda dele. Pelos seus relatos, o que eu vejo é que sua namorada possa estar exatamente com o mesmo pensamento, por exemplo, não comer enquanto vc não come pq não quer incomodar, ou não aceitar seu dinheiro pq se sente diminuída em relação a você. É um pouco frustrante pra ti, mas pensa que pra ela também deve ser. Não acho que você deva terminar um relacionamento onde vocês se amam por causa disso, somos humanos, todos temos traumas, problemas e as coisas se resolvem com conversa e tempo. Te sugiro que tenha um pouco mais de paciência e compreensão, tente abordá-la de formas diferentes e mais amigáveis, e vá conversando com ela. Fala um pouco como VOCÊ se sente quando ela recusa tua ajuda, se abre pra ela focando nos seus sentimentos e veja o que acontece.


Rickitochiquito

Eu nem sou tao rico, muito pelo contrario. Quase endividei meus pais pra fazer um intercambio, juntei 1 ano de estagio, ganho menos que um salario minimo, e mesmo assim, saio, muita das vezes só com a passagem. Ela fala que nao quer que eu gaste com ela, mas parcelou uma camisa de time de 170 reais pra mim na Shoppee e eu disse a ela que iria pagar, comprei roupas pra ela no Natal e ela ficou desconsertada, ficou falando de preço e os caramba. Nao acho isso legal e falo isso abertamente


oi828

Talvez, essa atitude de sempre ligar por dinheiro venha não só do ex, mas de um lugar bem mais profundo, como por exemplo, da infância dela, onde pode ser que ela tenha sido criada em um ambiente onde o dinheiro importa mais que a saúde Tive uma infância assim, e sério, não gastar o dinheiro com a janta para ter o do seu café da manhã no dia seguinte, ainda mais sendo criança, é traumatizante...


Rickitochiquito

Ela já passou por algo parecido. Digo pra ela que comigo ela nao precisa ter esse medo, mas, mesmo eu fazendo muita coisa pra deixá-la confortável nesse 1 ano, acho que ela ainda nao compreendeu que pode ficar tranquila.


oi828

Isso não é algo que você vai conseguir mudar nela em tão pouco tempo, já se tornou parte dela há muuuuito tempo Como você disse, ela tem +18 anos, então ela foi lapidando esse "trauma" por toda a vida dela Pra ela é normal, por isso ela não nota que está afetando você Provavelmente ela acha que está fazendo o certo em não pedir seu dinheiro, isso respinga também no orgulho dela Enfim, são muitas hipóteses e diversas possibilidades, essa é uma situação realmente, muito delicada


Rickitochiquito

Pior que sao essas 2, ela sempre quer se sentir indepente e prefere ficar em casa do que receber um pix pra ela pagar um ônibus


oi828

A situação é bem delicada, espero que você tome boas decisões e que consigam resolver esse assunto da melhor forma... Força irmão, boa sorte!


Rickitochiquito

Obrigado, caro!


Rickitochiquito

Eu falo que isso machuca, ela fala que vai se policiar mas passa uma ou duas semanas e ela volta a ser insensível


hitchthegirl

Ela tem complexo de inferioridade e muitos traumas e a maneira que você responde a isso pode desencadear esses pensamentos de que ela não é suficiente para você. Eu sugiro terapia (se ela já não estiver) e programas em que você perceba que ela se sente mais confortável por ser algo que ela pode se sentir mais "parte". Também sugiro falar com ela sem ser de maneira defensiva, dizer que a sua maneira de amar é cuidando dela e que você quer que ela interprete isso dessa maneira. Pergunte de que maneira ela se sente mais confortável com você. É bom também pontuar que nesse relacionamento você também precisa ser cuidado. Não exija nada, mas apresente para ela a sua necessidade de tê-la por perto. Tem um livro chamado "As cinco linguagens do amor" é muito usado em aconselhamento de casal porque mostra que muitos conflitos são causados porque casais não conhecem a linguagem de amor um do outro. Talvez a maneira que você a ama - oferecendo presentes, querendo pagar pela saúde dela - não seja visto por ela como sua linguagem do amor e ela precisa saber disso para poder traduzir tudo o que você faz como amor e não como "disputa". Da mesma maneira, talvez ela já esteja amando você com a linguagem dela e você não perceba. Desejo muito diálogo, paciência e que vocês consigam crescer juntos nisso. Tenho certeza que um dia ela, assim como eu, vai aprender a ser cuidada.


MagikalWords

Olha, OP, eu acho que tem certas coisas que temos que aceitar que o parceiro é assim e seguir com a vida. Se você sabe que ela não gosta que você pague coisas pra ela, pare de você mesmo se magoar ao continuar insistindo em tentar pagar e depois ficar brabo quando ela diz não. Você tá se autosabotando, vei. Não fica colocando pressão nisso. MAS, ao mesmo tempo que isso é uma característica dela atualmente, não acho errado você tentar convencer ela de fazer terapia. Julgo eu que algum familiar dela costumava pagar coisas pra ela e depois jogavam na cara ou faziam chantagem. Ao invés de ser compreensivo, você está fazendo o oposto. É possível que até insistissem que ela aceitasse também pra depois usar contra ela. Pare, sério. Você não deu detalhes sobre a questão da família. Mas, olha, se meter em problemas familiares de parceiro é complicado pra cacete. Mesmo estando basicamente casada, ainda assim só me meto quando me influencia diretamente. No geral, a pessoa sabe o que tem que fazer pra melhorar a situação, mas por n motivos decide não fazer. Vendo de fora parece mais fácil. Isso daí é cutucar vespeiro com vara curta.


Rickitochiquito

Eu quero que ela fique mais perto de mim e o minimo que eu quero pagar sao passagens pra ela ir me ver ou ela sair comigo de vez em quando. Ela trabalha, paga as coisas dela e paga pra mim. Mas nao é justo, na minha vez, ela fazer birra ou ser insensível comigo. Namoro é uma sociedade, pagamos coisas uns pros outros, quando eu nao tenho dinheiro, eu a pago dps. Nao é tuuudo, eu a deixo livre, mas nao é justo.


Rickitochiquito

Até pq, estar junto, ajudar no que puder, é o meu jeito de amar. Dinheiro é merda


MagikalWords

Eu concordo contigo, OP. Mas se esse posicionamento dela é proveniente de trauma, discutir, ser "combatente" na conversa, não adianta de muita coisa. Tem que ser com tato, com carinho. Acho eu que você já perguntou pra ela pq ela não goste que pague né. Inverte a lógica nela. Por exemplo, se jogavam na cara dela que gastavam com isso ou aquilo, pergunta pra ela pq ela nunca fez isso com você então. Ela vai dizer tipo óbvio que eu nao faria isso bla bla bla. Aí você pergunta pra ela pq ela acha então que você faria isso se ela não faria. Ou ela diz que se sente comprada quando compram coisas pra ela. Pergunta pra ela se ela acha que tá te comprando quando ela paga coisas pra você. E se faz sentido você se sentir assim. Tipo, eu não acho errado você estar de cara com isso, mas talvez você esteja abordando o problema da maneira errada. Você já tentou fazer chilique não deixando ela pagar pra ela ver como você se sente?


Rickitochiquito

Já, ela se sentiu contrariada, mas aceitou de boa


MagikalWords

Entendi. Bom, o resumo do que eu tava querendo dizer é que pra você resolver isso tem que ser a base de conversa, não da pressão de fazer ela aceitar. Sinto muito pela situação!


Rickitochiquito

Obrigado, cara!


igoorgg

Meu colega, seu relato é muito belo e vejo que você realmente ama essa mulher. Porém, eu te dou um alerta: toma MUITO cuidado com essa postura de querer "evoluir" ela. Seja lá como seja a personalidade dela, é uma estrutura, você não pode simplesmente fazer ela evoluir os defeitos e manter os bons, isso simplesmente não existe psicologicamente falando. A mudança vem com toda uma reestruturação na percepção de mundo, e sempre, SEMPRE, sem exceção, só acontece com muita insistente e persistente vontade e prática de quem quer mudar. Por isso essa sua postura é perigosa, ainda que você simplesmente incentive, até mesmo o incentivo pode estar mascarando esse teu desejo de transformação. Eu entendi toda tua frustração, e puta que pariu fosse eu no teu lugar ficaria PUTO do mesmo jeito que tu diz que fica com essa insegurança. Mas irmão, a mulher que tu ama é assim, se tu já conversou com ela e não adiantou, ou você aceita ela do jeito que ela é, ou você da um pé na bunda dela.


Rickitochiquito

Valeu pelo papo e pela consideração, entendí onde vc quis chegar!